visita ao mercado
Agosto 3, 2020

Uma ida ao Mercado, deu num petisco surpresa

Por Joana Bessa

“Olhó” Peixe Fresquinho! Eu adoro mercados e feiras tradicionais…

Adoro a simpatia das pessoas, o facto de serem genuínas, de não estarem produzidas, de dizerem tudo que lhes vem à cabeça. Adoro acima de tudo as ligações que se criam, a oportunidade de conhecer a identidade e a cultura de um local.

Desta vez, o objectivo era comprar peixe e marisco fresco e por isso escolhi o Mercado de Angeiras. Conhecido pela qualidade e quantidade destes alimentos, instalado numa aldeia tipicamente piscatória, é um dos poucos locais onde ainda podemos presenciar a chegada das embarcações tradicionais à praia e os pescadores e famílias a cuidarem das suas artes de pesca.

” Uma peixeira não compra aquilo que quer, mas o que o mar dá. E o peixe é como a fruta, tem as suas épocas…”

Sónia – Representante da Banca “cachopas”

Deliciei-me com o espectáculo das bancas do mercado repletas dos mais variados peixes e mariscos e com a forma como cada vendedor nos atraía para serem os eleitos.

Ao contrário do que seria de esperar, para a experiência culinária deste dia, a minha escolha não recaiu num belíssimo linguado, num robalo de fazer levantar o comum dos mortais ou nuns camarões da costa ainda aos saltos.

O desafio, foi fazer de uma escolha, considerada por alguns o “peixe dos pobres!” e transformá-la numa iguaria de fazer crescer água na boca.

E o peixe selecionado foi? tan, tan, tan, tan…

Cavala

Inspirada na receita “Canapés de Cavala” da Cátia Goarmon, pus mãos à obra e atrevi-me…

Uma receita simples, barata e uma entrada gourmet deliciosa.

Mas antes de partilhar consigo a receita original, aqui vão algumas sugestões valiosas:

  • Coloque o recheio nas tigelinhas, só quando for a altura dos canapés irem para a mesa.
  • Em vez das tortilhas de milho, são uma excelente opção um bom pão alentejano ou umas Crackers Olivia & Marino da Gran Pavesi
  • A receita fica ótima, mesmo sem cebola.
  • se adorarem ovos como eu, sugiro que coloquem pelo menos 2 e caseiros.
  • Fica igualmente maravilhoso com coentros em vez de cebolinho.
  • Como prato principal, sugiro um arroz de lingueirão.
  • E para beber um Esporão Verdelho 2017.

“Canapés de cavala”

Receita original:

Ingredientes

  • 3 cavalas frescas filetadas
  • Sumo de 2 limas
  • 1 colher de sopa de maionese
  • 1 colher de sopa de mostarda dijon
  • 1 colher de sopa de ketchup
  • 1 ovo cozido
  • Sal e pimenta q.b.
  • ½ cebola roxa picada
  • Cebolinho picado q.b.
  • Óleo de linhaça para pincelar

Descrição

  1. Deixe a marinar, durante 2 horas, 3 cavalas frescas filetadas no sumo de 2 limas.
  2. Com um cortante, faça pequenos círculos em 2 tortilhas de milho. Coloque-os num tabuleiro de formas para queques e pressione.
  3. Pincele com óleo de linhaça e leve ao forno 10 minutos, a 200ºC.
  4. Triture, as cavalas no processador.
  5. Numa taça, pique 1 ovo, com a ajuda de um garfo e acrescente o puré de cavala, ½ cebola roxa picada, 1 colher de sopa de maionese, 1 colher de sopa de mostarda dijon e 1 colher de sopa de ketchup. Tempere com cebolinho picado, sal e pimenta.
  6. Retire as tortilhas do forno e deixe arrefecer. Recheie com o patê e sirva os canapés de cavala, salpicados com cebolinho.

Cozinhar é amor que pode saborear…