receitas de Natal
Dezembro 17, 2021

Receitas de Natal com um twist especial da Chef Lígia Santos

Por Joana Bessa

Foi com a emoção que acompanha esta época Natalícia que o Food Love Story aceitou mais uma vez o convite irrecusável da Silampos em participar na segunda “Viagem com Tempero”, desta vez, com destino a Arcos de Valdevez.

Uma experiência gastronómica inesquecível, onde a querida Chef Lígia Santos partilhou receitas de Natal deliciosas, revelando a cada passo, a magia de todos os ingredientes. Uma aventura minhota, vivida com intensidade e cheia de vontade de absorver tudo que esta região e pessoas incríveis tiveram a generosidade de nos oferecer.

Foi maravilhoso poder desfrutar de paisagens deslumbrantes, experimentar fazer uma broa de milho tradicional e aprender a confecionar o bacalhau de Natal com um twist especial. Finalmente e não menos importante, ficamos maravilhadas com uns Jerimus do outro mundo.

Chef Lígia Santos “a primeira Masterchef Portugal”

Chef Lígia Santos

Lígia Santos, foi a nossa super hostess e chef de “serviço” e recebeu-nos como ninguém, nas “Casas da Li”. Casas situadas em pleno “coração” do Minho e à porta do Parque Nacional Peneda-Gerês, das quais é proprietária. Respiram tranquilidade, cheiram a sabores tradicionais e a passeios de encantar.

Vê-la nos comandos da cozinha, foi um prazer. Transmitiu-nos o seu conhecimento com alegria, serenidade e com o imenso amor pelo que faz. Adora explorar a comida portuguesa, dar-lhe um toque de inovação e ter o seu cantinho de ervas aromáticas, sempre por perto. Aprender com a Chef Lígia foi uma delícia e tudo pareceu ser mais fácil de preparar.

Não perca pitada desta aventura AQUI

🎬

Vamos pôr as mãos na massa?

  • Broa de milho do Minho
  • Bacalhau confitado, com broa, grelos e batatinhas do lagar
  • Jerimus

Receita da “Broa de milho do Minho”

Adorei estar ao lado da D.ª Olinda e ser a sua ajudante por um dia na preparação desta “Broa de milho do Minho” deliciosa. Uma mulher do norte que faz broas desde os 9 anos de idade, com umas mãos de fada e uma energia de fazer inveja. Podem imaginar o que foi dar uma trinca desta broa acabadinha de sair do forno a lenha.

Broa de milho tradicional do Minho

Ingredientes

(Quantidade para 2 Broas de cerca de 1 kg cada)

  • 1,5Kg Farinha de milho
  • 0,5kg Farinha de centeio
  • 750ml Água
  • Meio punhado de sal
  • 200g Fermento biológico ou 150g Fermento padeiro

Descrição

  • Leve a água a ferver numa panela.
  • Num alguidar grande, colocar a farinha de milho peneirada e abrir uma estanca (buraco) no meio. Aos poucos, colocar a água a ferver e ir envolvendo com a ajuda de uma colher de pau.
  • Juntar a farinha de centeio peneirada gradualmente e amassar à mão.
  • Adicionar o sal e o fermento e ir amassando até ficar com uma massa homogénea e que descole das mãos (cerca de 15 minutos).
  • Formar uma bola e deixar levedar dentro do alguidar coberto com um pano, cerca de 40 minutos a 1 hora, dependendo da temperatura ambiente que deve ser entre 20ºC a 25ºC. (para verificar a levedação, deve ser visível um crescimento e várias fissuras na superfície da massa).
  • Dividir a massa a meio e num alguidar com farinha, empelar a broa (dar forma à broa, sacudindo o alguidar com movimentos circulares).
  • Levar ao forno a 200ºC, até ganhar o aspeto de cor castanha escura própria da broa.

Dicas da D. Olinda

  • O fermento deve ser feito com 48 horas de antecedência, este é que vai dar a levedura, abrir a broa e formar os famosos “olhinhos”.
  • Se não escaldarmos bem a farinha, não sai boa broa.
  • Se pegarmos num bocado da massa, a largarmos e ela descolar e cair, é porque já está no ponto.

Receita de Bacalhau confitado, com broa, grelos e batatinhas do lagar

Para os mais arrojados e cheios de vontade de dar mais sabor ao bacalhau de Natal, a Chef Lígia propõe-nos esta iguaria para surpreenderem a família aí em casa. E a pinta das caçarolas que foram usadas, já reparam? Fiquei completamente apaixonada.

receita de bacalhau com broa

Ingredientes

Bacalhau confitado

  • 4 Lombos de bacalhau
  • Azeite
  • 2 Dentes de alho
  • 1 Folha de louro

Grelos salteados

  • 1 Molho de grelos
  • Sal q.b.
  • 2 dentes de alho
  • 2 c. sopa de azeite

Batatinhas do Lagar

  • 1 Kg Batata pequena com casca
  • 4 Dentes de alho Azeite
  • 1 Ramo de Tomilho-limão
  • Sal marinho q.b.
  • Azeite q.b.

Crocante de broa

  • 250g Miolo de broa triturado
  • 2 c. sopa Azeite
  • Tomilho-limão q.b.

Descrição

  • Comece por cozer as batatas com casca em água temperada com sal, durante 10 minutos.
  • Numa outra panela com água a ferver, coza os grelos e tempere apenas com sal. Escorra os grelos e reserve para os saltear mais à frente.
  • Coloque os lombos de bacalhau com os dentes de alho esmagados e a folha de louro numa caçarola.
  • Cubra com azeite. Leve ao lume, sem ferver, durante aproximadamente 15 min.
  • Entretanto, distribua o miolo de broa triturado num tabuleiro, regue com azeite e alguns raminhos de tomilho. Misture bem e leve ao forno, pré-aquecido a 160ºC, durante aproximadamente 15 minutos ou até a broa ficar crocante.
  • Escorra as batatas e antes de as colocar num tabuleiro para irem ao forno, dê um “murrinho” em cada uma delas.
  • Regue com azeite, acrescente os dentes de alho esmagados, um pouco de sal e o tomilho.
  • Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante aproximadamente 20 minutos.
  • Aqueça uma frigideira com azeite, acrescente os dentes de alho picados e salteie os grelos.

Empratamento

bacalhau com broa

Numa travessa, preencha o fundo por camadas, começando com parte da broa triturada, a seguir os grelos e depois o bacalhau. Coloque as batatas à volta e finalize novamente com a broa e o tomilho por cima do bacalhau.

Sugestão da Chef Lígia

Receita de Jerimus

A abóbora jerimu é uma espécie muito abundante no Minho e faz as delícias deste doce de Natal tão apetitoso e fácil de confecionar.

jerimus

Ingredientes

Jerimus

  • 2Kg Abóbora Jerimu (descascada)
  • 2 Zestes de limão
  • 1 pau de canela
  • Sal q.b.
  • 4 c. sopa Farinha de trigo
  • 4 g Fermento
  • 8 Gemas
  • Óleo para fritar q.b.
  • Poejos frescos
  • Canela em pó q.b.

Calda de especiarias

  • 500g Açúcar
  • 4 Paus de canela
  • 4 Estrelas de Anis
  • 5 dl Água

Descrição

  • Coza a abóbora (com um pouco de água) com as zestes de limão, um pau de canela e um pouco de sal.
  • Escorra, retire as zestes de limão e o pau de canela. De preferência, coloque a abóbora dentro de um pano (sem pelo) e esprema bem para retirar o excesso de água.
  • Misture a abóbora com as gemas, a farinha e o fermento peneirados.
  • Deixar repousar um bocadinho e avançar com a calda de especiarias.
  • Coloque todos os ingredientes numa caçarola e deixe ferver até obter um ponto de fio fraco.
  • Enquanto a calda ganha o ponto, aqueça bem o óleo e frite os jerimus, às colheradas da massa previamente preparada.
  • Escorra em papel absorvente e reserve.
  • Distribua os jerimus numa travessa, verta a calda de especiarias sobre os mesmos e polvilhe-os com um bocadinho de canela em pó.
  • Deixe arrefecer e decore com poejos.

Bónus: Passeio pela Ecovia do Vez

ecovia do vez

Descobrir os trilhos da Ecovia do Vez foi incrível, um dos percursos pedestres mais emblemáticos do norte de Portugal que não resisti em partilhar com vocês. Recomendo vivamente que tenham esta experiência, se deslumbrem com a beleza natural que vão encontrar e comam uma bela sandes de salpicão na Tasquinha “Ti” Melia Sistelo.

“Viagem com Tempero” #1 AQUI

Cozinhar é amor que podemos saborear…